sexta-feira, 26 de maio de 2017

#190

rose, jeans, and grunge image

Estive a ler os meus últimos post's e realmente falta muito informação. Vamos lá recuar um pouco, voltei para a minha terrinha em Dezembro com a parte teórica do meu curso concluído, estive 3 meses à espera de resposta positiva para concluir a parte prática, ou seja o estágio aqui. Entretanto, já estou no estágio à dois meses e não estou a gostar muito porque normalmente o estagiário é mão para toda a obra e aqui estou totalmente esquecida, até tenho medo da nota...
Quanto à minha vida em casa, as coisas com a minha mãe andam sempre descontroladas, uns dias melhores outros piores, ela consegue sempre virar o meu pai contra mim, mas por pouco tempo porque eu não sou de ficar calada. 
Vou ser madrinha (de apresentar, tradição brasileira) do filho de uma vizinha minha, estou tão feliz!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! E madrinha do crisma do meu irmão. 
Como disse no post anterior consegui um part-time porque o estágio é não remunerado e precisa-se fazer pela vidinha.
E não me posso queixar, apesar de tudo a vida corre-me bem ! E rezo todos os dias para que assim continue ! 

Espero que esteja tudo bem com vocês! 

#Umgrandebeijinhoturbulentes, já tinha saudades do blog <3 

quinta-feira, 25 de maio de 2017

#189

vans, shoes, and green image

Lembram-se do Davi? Hoje apetece-me falar nele, no resumo das mil e quinhentas peripécias que já aconteceram ao longo deste ano e meio... A última vez que nos envolvemos estive a 2 passos de ser apanhada pelo meu pai nas férias de Páscoa do ano passado, uma semana depois ele conta-me que tem uma namorada do continente, hoje já estão a viver juntos. No entanto, no Verão passado ele procurou-me duas vezes, uma até foi a minha casa e tentou beijar-me em ambas.
Há pouco menos de um mês separou-se da namorada e veio procurar-me, em dia de seu aniversário, alegou que nunca me tinha esquecido, que foi um erro essa namorada, que ia lutar por mim, blá blá blá wishkas saquetas e 3 dias depois voltou para ela. 
Não acho isto de gente normal. A verdade é que voltou a mexer comigo, é como se tivesse de começar tudo do zero.  No entanto, serviu de lição, ele nunca mais se volta a aproximar assim de mim. Eu não deixo. Pergunto-me o porquê desta cena de novo! Será Deus a por provas no meu caminho? Começo a ficar um pouquinho farta de ter de lidar sempre com este tipo de cenas. 

Ps. Consegui um part-time, estou tão feliz mas tão cansada ao mesmo tempo.. Vamos ver no que isto vai dar. 
FORÇA, FOCO E DETERMINAÇÃO ! 

segunda-feira, 3 de abril de 2017

#188



art
Está cada vez mais insuportável viver nesta casa, como é possível viver com uma mulher que só tem o mal dentro de si? Como é possível viver com uma pessoa que só te deseja mal? E como é possível essa pessoa ser a tua própria mãe? Uma mãe por norma quer o melhor para os seus filhos, esta pessoa deseja o meu mal, quer ver-me no fundo do poço, todos os dias roga-me uma praga diferente, não consegue ver-me minimamente bem, nem a mim nem a meu pai, ele principalmente não merece essa mulher, merecia muito melhor. Não vejo a hora de voltar a sair desta casa para fora, o que me agarra aqui é o meu pai e a instabilidade financeira. Tenho pena que isto tenha chegado aqui mas são muitos anos a viver assim, não suporto mais, o ambiente de merda que aquela mulher cria em qualquer lado que entra, não suporto o facto de sempre falar mal nas minhas costas, não suporto aquele mau humor e frustração dela, não a suporto mais, cheguei ao meu limite.... 

sexta-feira, 2 de dezembro de 2016

#187

dog, pug, and glasses image

Pela primeira vez, fui ver um filme em 3D, adorei !!!! Claro que com tantos óculos a escolher, escolhi um avariado e tive que sair no início do filme para o ir trocar, depois a chuva torrencial e os trovões fizeram ficar presas no cinema durante uma hora, escorreguei em plena zona de restauração, querem mais? É melhor ficar por aqui.